As operações aéreas nos aeroportos da rede Infraero estão acontecendo normalmente, sem interrupção na prestação de serviço aeroportuário.
Orientamos aos passageiros que somente se dirijam aos aeroportos as pessoas que forem viajar.

Histórico

Município polo da região centro-sul do Pará, no Norte do país, Altamira tem seu aeroporto como porta de entrada e saída para a região da Transamazônica. Além de importante suporte à população local, o Aeroporto de Altamira atende um grande número de passageiros, que vem aumentando significativamente com a implantação da hidrelétrica de Belo Monte, construída na bacia do Rio Xingu, próxima ao município, considerada a terceira maior usina do mundo.

1930

  • 1930

    Um hidroavião da extinta Panair do Brasil foi a primeira aeronave a pousar em Altamira, no Pará, e levava ao município o interventor do Estado, major Magalhães Barata. Este primeiro pouso no rio Xingu aconteceu logo após a Revolução de 1930.

1940

  • 1940

    Durante a Segunda Guerra, hidroaviões americanos pousavam no rio Xingu trazendo suprimentos para as operações de extração do látex que produziria a borracha natural para o exército aliado.

1950

  • 1950

    Curiosidade – O primeiro aeroporto local nascia com piso de terra e uma linha aérea comercial estabelecida pela Panair do Brasil. O trajeto Belém-Manaus era feito em hidroavião bimotor, o CatalinaPBY, com 16 lugares, que aterrissava no rio Xingu, em frente à cidade.

    Na mesma época, em terreno doado pela prefeitura, teve início a construção da nova pista, sob a responsabilidade da COMARA – Comissão dos Aeroportos da Bacia Amazônica, organização militar do Comando da Aeronáutica.

1960

  • 1960

    Com o fim da Panair do Brasil, em 1964, passaram a operar neste aeroporto as empresas Cruzeiro do Sul e Paraense, com aeronaves DC-3.

1970

  • 1970

    A pista, depois de uma reforma, foi prolongada e asfaltada para atender à demanda causada pela construção da rodovia Transamazônica. Dessa forma, o pequeno aeroporto estava apto já nos anos 1970 a receber inclusive o avião presidencial, um Boeing 737.

    Um dia após o aniversário da cidade, em 7 de novembro de 1979, Altamira inaugurou seu novo aeroporto, que contava com pista asfaltada e um moderno terminal de passageiros.

1980

  • 1980

    Em 17 de janeiro de 1980, a Infraero assumiu a administração do aeroporto de Altamira.

    Em 1986 a Infraero fez uma reforma parcial na pista de pouso e decolagem no trecho central (faixa de 22 metros).

2010

  • 2010

    Em 2011 e 2012 a Infraero recuperou e fez um reforço estrutural de toda a área de movimento de aeronaves (pista de pouso e decolagem, pista de táxi e pátio de estacionamento de aeronaves) e instalou novo balizamento noturno da pista. Estas reformas adaptaram a pista para suportar aeronaves de grande porte com peso máximo de decolagem (PMD) de 70,3 toneladas como o Boeing 737-700, que tem capacidade para transportar 144 passageiros.

  • 2015

    O Aeroporto de Altamira movimentou em 2015, 328.460 passageiros, 11.302 aeronaves  e 506.705 kg de cargas aérea e população fixa de 201 pessoas.


FALE CONOSCO