Histórico

Operando aviação regional e nacional, o Aeroporto Presidente João Suassuna tem se consolidado como importante polo para o crescimento urbano e regional, configurando-se como instrumento de ligação de Campina Grande às metrópoles nacionais e contribuindo para o desenvolvimento do estado da Paraíba. Em seu terminal de passageiros uma obra de autoria do renomado escritor Ariano Suassuna faz uma homenagem ao seu pai, João Suassuna, que dá nome ao aeroporto.

1940

  • 1940

    Localizada no agreste paraibano, Campina Grande ganhou, na década de 1940, o único campo de pouso da região que começou a receber voos comerciais das empresas aéreas LAP – Linhas Aéreas Paulista e do Loide Aéreo Nacional.

1960

  • 1960

    Em agosto de 1960 o campo de pouso de campina Grande passou a se denominar Aeroporto Presidente João Suassuna. A lei assinada pelo então presidente Juscelino Kubistchek homenageava o político paraibano, João Urbano Pessoa Vasconcelos Suassuna, ex-presidente do estado da Paraíba, pai do renomado escritor Ariano Suassuna.

     

    O Aeroporto de Campina Grande foi inaugurado em 1963 e a liberação do tráfego aéreo aconteceu no ano seguinte.

1980

  • 1980

    A partir de novembro de 1980 o Aeroporto de Campina Grande – Presidente João Suassuna passou à administração da Infraero.

1990

  • 1990

    No início da década de 1990 a Infraero realizou várias melhorias no aeroporto como a reconstrução e reforço complementar da pista de pouso e decolagens e do pátio de estacionamento de aeronaves, modernizou o sistema de balizamento noturno das pistas e o terminal de passageiros.

2000

  • 2003

    Após a conclusão de uma profunda reforma, o Aeroporto de Campina Grande foi reinaugurado em 30 de outubro 2003, depois de ter as instalações ampliadas e totalmente reparadas, adotando um padrão moderno e de acordo com os aeroportos administrados pela Infraero. Um novo modelo de sinalização, de padrão universal, foi implementado, sendo o João Suassuna o primeiro aeroporto do Brasil a adquiri-lo.

     

    Curiosidade – O terminal de passageiros, depois da reforma, elevou sua capacidade de atendimento para 250 mil usuários ao ano e foram instalados murais que retratam o gosto do povo campinense pela arte. Entre eles, um painel merece destaque. De autoria do escritor Ariano Suassuna, a obra apresenta um texto poético do escritor em homenagem a seu pai, João Suassuna, que dá nome ao aeroporto. O mural foi inaugurado com a presença do então presidente Luiz Inácio Lula da Silva.


Siga-nos
Fale Conosco

Estrada Parque Aeroporto, Setor de Concessionárias e Locadoras, lote 5
Brasília-DF - CEP: 71608-050