Histórico

Conhecida por seu planejamento urbano, sua qualidade de vida e sua preocupação com as questões ambientais, buscando atuação ecologicamente sustentável, Curitiba recebeu várias vezes o título de “A Melhor Cidade Brasileira Para Negócios", da Revista Exame. Polo econômico dos mais fortes da Região Sul do país a cidade conta com cerca de novecentas fábricas, indústrias e empresas das mais significativas do Brasil e do exterior. 

Localizado na região metropolitana de Curitiba, em São José dos Pinhais, próximo aos principais portos da Região Sul do país, como Paranaguá, Antonina, São Francisco do Sul e Itajaí, o Aeroporto Internacional de Curitiba – Afonso Pena exerce papel de destaque no desenvolvimento da indústria, do comércio e do turismo do Paraná e de toda a região. Atuando com equipamentos de ponta, o terminal de passageiros possui elevadores panorâmicos e sua estrutura metálica, elaborada com telhas antirruído, convivem em sintonia perfeita com o granito do piso e as pastilhas das paredes, conferindo beleza e modernidade ao local.

1940

  • 1944

    Localizado no município de São José dos Pinhais, o aeroporto de Curitiba foi construído entre maio de 1944 a abril de 1945 pelo Ministério da Aeronáutica em cooperação com o Departamento de Engenharia do Exército Norte-Americano.

  • 1946

    Em janeiro de 1946, com a Guerra terminada, a aviação civil passou a operar efetivamente na Base Aérea Afonso Pena – como o aeroporto era conhecido. Foram construídas a estação de passageiros, a torre de controle e várias adequações e melhorias realizadas.

    Curiosidade – A inauguração do Afonso Pena, uma homenagem ao sexto presidente da República, ocorrida em 24 de janeiro de 1946, foi antecipada devido à interdição do Aeroporto de Bacacheri, na região central de Curitiba, causada por um grande volume de chuvas. Com os temporais, a melhor opção foi acelerar os preparativos e iniciar as operações para que os aviões pudessem pousar no Aeroporto Afonso Pena.

1950

  • 1959

    Um novo terminal de passageiros, com 2.200 m², foi inaugurado em 1959 atendendo à demanda crescente.

1970

  • 1974

    A partir de 1974, o Aeroporto Afonso Pena passou a ser administrado pela Infraero.

    Em 1º de julho de 1974 o Terminal de Logística de Carga (Teca), primeiro da Rede Infraero, foi inaugurado no Aeroporto Internacional de Curitiba.

  • 1977

    O terminal de passageiros foi reformado e ampliado de forma significativa, em 1977, aumentando em quatro vezes sua capacidade de atendimento.

1990

  • 1996

    Em 1991 foram iniciadas as obras de construção de um terminal. A inauguração aconteceu no dia 26 de julho de 1996, com a presença do então Presidente da República, Fernando Henrique Cardoso, do Ministro da Aeronáutica, Lélio Viana Lobo e do Presidente da Infraero, à época, Adyr da Silva. O Aeroporto Afonso Pena passa a ser internacional.

2000

  • 2002

    O Comando da Aeronáutica instalou na cabeceira da Pista 15 o ILS - MARK 20 de CATEGORIA II, o que permite pousos e decolagens com visibilidade horizontal de 200 metros e teto de 100 pés. Este equipamento começou a operar em 8 de agosto de 2002, aumentando a disponibilidade operacional do aeródromo.

2010

  • 2012

    Em 2012 o terminal bateu seu recorde em movimentação de cargas, com 45 mil toneladas transportadas e a pista de pousos e decolagens recebeu importantes melhorias.

    Esse importante aumento na movimentação de carga gerou uma grande reforma e ampliação do terminal que passou  de 12 para 17 mil m2. A obra contemplou ainda um novo armazém de carga importada e novas áreas para cargas vivas e restritas.

  • 2013

    Pesquisa de Satisfação do Passageiro: 1º Lugar no 1º, 2º e 3º Trimestres.

    Ampliação do TECA de 12 mil m² para 17 mil m²

  • 2014

    Concluída em junho em 2014, a obra de ampliação do pátio de aeronaves ampliou a área de 84 mil m² para 143,9 mil m², aumentando também o número de posições de estacionamentos.

     No mesmo ano, o Aeroporto Internacional Afonso Pena foi considerado o melhor do país, segundo pesquisa realizada pela Secretaria de Aviação Civil – SAC. 

    Pesquisa de Satisfação do Passageiro: 1º Lugar no 2º  Trimestre

    PRÊMIO BOA VIAGEM: MELHOR RESTITUIÇÃO DE BAGAGEM , MELHOR AMBIENTE AEROPORTUÁRIO E MELHOR AEROPORTO

  • 2015

    PRÊMIO AEROPORTOS + BRASIL 2015: AEROPORTO COM + FACILIDADES, referente ao ano de 2014

    Pesquisa de Satisfação do Passageiro: 1º Lugar no 2º, 3º e 4º  Trimestres

    Liberação da área ampliada do TPS e do Pátio de Estacionamento de Aeronaves

  • 2016

    PRÊMIO AEROPORTOS + BRASIL 2016: MELHOR AEROPORTO, RESTITUIÇÃO DE BAGAGEM + EFICIENTE, AEROPORTO + CORDIAL E RAIO X + EFICIENTE referente ao ano de 2015

    Pesquisa de Satisfação do Passageiro: 1º Lugar no 2º Trimestre

    A Infraero fecha o maior contrato da história da empresa com edifício-garagem de Curitiba

    Ampliação do TPS para 112.176 m² e capacidade de 14,8 milhões de passageiros ao ano