As operações aéreas nos aeroportos da rede Infraero estão acontecendo normalmente, sem interrupção na prestação de serviço aeroportuário.
Orientamos aos passageiros que somente se dirijam aos aeroportos as pessoas que forem viajar.

Histórico

Conhecida por seu planejamento urbano, sua qualidade de vida e sua preocupação com as questões ambientais, buscando atuação ecologicamente sustentável, Curitiba recebeu várias vezes o título de “A Melhor Cidade Brasileira Para Negócios", da Revista Exame. Polo econômico dos mais fortes da Região Sul do país a cidade conta com cerca de novecentas fábricas, indústrias e empresas das mais significativas do Brasil e do exterior. 

Localizado na região metropolitana de Curitiba, em São José dos Pinhais, próximo aos principais portos da Região Sul do país, como Paranaguá, Antonina, São Francisco do Sul e Itajaí, o Aeroporto Internacional de Curitiba – Afonso Pena exerce papel de destaque no desenvolvimento da indústria, do comércio e do turismo do Paraná e de toda a região. Atuando com equipamentos de ponta, o terminal de passageiros possui elevadores panorâmicos e sua estrutura metálica, elaborada com telhas antirruído, convivem em sintonia perfeita com o granito do piso e as pastilhas das paredes, conferindo beleza e modernidade ao local.

1940

  • 1944

    Localizado no município de São José dos Pinhais, o aeroporto de Curitiba foi construído entre maio de 1944 a abril de 1945 pelo Ministério da Aeronáutica em cooperação com o Departamento de Engenharia do Exército Norte-Americano.

  • 1946

    Em janeiro de 1946, com a Guerra terminada, a aviação civil passou a operar efetivamente na Base Aérea Afonso Pena – como o aeroporto era conhecido. Foram construídas a estação de passageiros, a torre de controle e várias adequações e melhorias realizadas.

    Curiosidade – A inauguração do Afonso Pena, uma homenagem ao sexto presidente da República, ocorrida em 24 de janeiro de 1946, foi antecipada devido à interdição do Aeroporto de Bacacheri, na região central de Curitiba, causada por um grande volume de chuvas. Com os temporais, a melhor opção foi acelerar os preparativos e iniciar as operações para que os aviões pudessem pousar no Aeroporto Afonso Pena.

1950

  • 1959

    Um novo terminal de passageiros, com 2.200 m², foi inaugurado em 1959 atendendo à demanda crescente.

1970

  • 1974

    A partir de 1974, o Aeroporto Afonso Pena passou a ser administrado pela Infraero.

    Em 1º de julho de 1974 o Terminal de Logística de Carga (Teca), primeiro da Rede Infraero, foi inaugurado no Aeroporto Internacional de Curitiba.

  • 1977

    O terminal de passageiros foi reformado e ampliado de forma significativa, em 1977, aumentando em quatro vezes sua capacidade de atendimento.

1990

  • 1996

    Em 1991 foram iniciadas as obras de construção de um terminal. A inauguração aconteceu no dia 26 de julho de 1996, com a presença do então Presidente da República, Fernando Henrique Cardoso, do Ministro da Aeronáutica, Lélio Viana Lobo e do Presidente da Infraero, à época, Adyr da Silva. O Aeroporto Afonso Pena passa a ser internacional.

2000

  • 2002

    O Comando da Aeronáutica instalou na cabeceira da Pista 15 o ILS - MARK 20 de CATEGORIA II, o que permite pousos e decolagens com visibilidade horizontal de 200 metros e teto de 100 pés. Este equipamento começou a operar em 8 de agosto de 2002, aumentando a disponibilidade operacional do aeródromo.

2010

  • 2012

    Em 2012 o terminal bateu seu recorde em movimentação de cargas, com 45 mil toneladas transportadas e a pista de pousos e decolagens recebeu importantes melhorias.

    Esse importante aumento na movimentação de carga gerou uma grande reforma e ampliação do terminal que passou  de 12 para 17 mil m2. A obra contemplou ainda um novo armazém de carga importada e novas áreas para cargas vivas e restritas.

  • 2013

    Pesquisa de Satisfação do Passageiro: 1º Lugar no 1º, 2º e 3º Trimestres.

    Ampliação do TECA de 12 mil m² para 17 mil m²

  • 2014

    Concluída em junho em 2014, a obra de ampliação do pátio de aeronaves ampliou a área de 84 mil m² para 143,9 mil m², aumentando também o número de posições de estacionamentos.

     No mesmo ano, o Aeroporto Internacional Afonso Pena foi considerado o melhor do país, segundo pesquisa realizada pela Secretaria de Aviação Civil – SAC. 

    Pesquisa de Satisfação do Passageiro: 1º Lugar no 2º  Trimestre

    PRÊMIO BOA VIAGEM: MELHOR RESTITUIÇÃO DE BAGAGEM , MELHOR AMBIENTE AEROPORTUÁRIO E MELHOR AEROPORTO

  • 2015

    PRÊMIO AEROPORTOS + BRASIL 2015: AEROPORTO COM + FACILIDADES, referente ao ano de 2014

    Pesquisa de Satisfação do Passageiro: 1º Lugar no 2º, 3º e 4º  Trimestres

    Liberação da área ampliada do TPS e do Pátio de Estacionamento de Aeronaves

  • 2016

    PRÊMIO AEROPORTOS + BRASIL 2016: MELHOR AEROPORTO, RESTITUIÇÃO DE BAGAGEM + EFICIENTE, AEROPORTO + CORDIAL E RAIO X + EFICIENTE referente ao ano de 2015

    Pesquisa de Satisfação do Passageiro: 1º Lugar no 2º Trimestre

    A Infraero fecha o maior contrato da história da empresa com edifício-garagem de Curitiba

    Ampliação do TPS para 112.176 m² e capacidade de 14,8 milhões de passageiros ao ano


FALE CONOSCO