As operações aéreas nos aeroportos da rede Infraero estão acontecendo normalmente, sem interrupção na prestação de serviço aeroportuário.
Orientamos aos passageiros que somente se dirijam aos aeroportos as pessoas que forem viajar.
24/12/2018 em Aeroporto de Paulo Afonso

Aeroporto de Paulo Afonso comemora 46 anos

O Aeroporto de Paulo Afonso (BA) celebra 46 anos de operações neste domingo (23/12). Situado em uma área estratégica, oferecendo apoio a cidades que fazem fronteira com a Bahia, como Delmiro Gouveia (AL), Petrolândia (PE) e Canindé do São Francisco (SE), o terminal recebeu, até novembro deste ano, mais de 12 mil passageiros, entre embarques e desembarques.

Localizado ao norte do estado, sendo o único na microrregião, o aeroporto contribui significativamente para a cidade, que conta com cerca de 117 mil habitantes, e se sobressai no setor hidroelétrico. No turismo, o destaque vai para os cânions do Xingó, em Sergipe, que ficam a cerca de 75 km do aeroporto baiano. Lá, os aventureiros adeptos do ecoturismo podem apreciar as belezas da região e das águas verdes e cristalinas do Velho Chico.



Para o superintendente do aeroporto, Marco Antonio Martins Braga, o terminal desempenha papel essencial no desenvolvimento da cidade e na microrregião do Vale do São Francisco. Para o ano que vem, o gestor afirma que o desafio é atrair mais voos. “Nesse sentido, dois importantes passos já foram dados, com o restabelecimento do fornecimento de combustível de aviação no início de novembro, e o recapeamento da faixa central da pista de pouso e decolagem”, enfatizou.

Além de atender aos moradores da própria cidade e de municípios vizinhos, atualmente o terminal possui voos regulares duas vezes por semana - da companhia Azul, ligando Paulo Afonso a capital baiana, Salvador. O sítio aeroportuário conta com área de 1.466 milhões de metros², e a pista de pousos e decolagens com 1.800 metros de comprimento por 45 metros de extensão, além de 15 posições no pátio para aeronaves.

O aeroporto, que possui maior movimentação de passageiros nos meses de janeiro e dezembro, foi construído em 1970 com o objetivo de atender o desenvolvimento da região, uma vez que na época a Companhia Hidrelétrica do São Francisco (Chesf) impulsionava o crescimento local com a construção do Complexo Hidrelétrico Paulo Afonso. Em dezembro de 1972, o terminal foi inaugurado e pertencia ao Departamento de Aviação Civil (DAC), sendo transferido para a Infraero em 1980.


Assessoria de Imprensa - INFRAERO
imprensa@infraero.gov.br
www.twitter.com/InfraeroBrasil
www.facebook.com.br/InfraeroBrasil
www.instagram.com/InfraeroBrasil
www.linkedin.com/company/infraero/

FALE CONOSCO