21/09/2016 em Aeroporto de Altamira - Pará

Estudantes de escola municipal conhecem Aeroporto de Altamira

      O Aeroporto de Altamira (PA) recebeu nesta terça-feira (20/9) um grupo de 20 estudantes da Escola Municipal de Ensino Fundamental Dr. Ulysses Guimarães, com idades entre 8 e 11 anos. Os alunos conheceram a estrutura do terminal, a Seção Contra Incêndio (SCI) do aeroporto e a Estação Prestadora de Serviços e Telecomunicações e de Tráfego Aéreo (EPTA), além de receberem informações sobre segurança operacional.

      Após conhecerem o saguão e passarem pelo canal de inspeção, as crianças permaneceram no setor de embarque, onde ouviram atentamente as explicações do gerente da EPTA, Ubirajara Umbuzeiro, sobre os riscos do descarte incorreto do lixo – que pode ser foco atrativo de aves -, o uso de canetas a laser e a soltura de balões e pipas para a segurança da aviação. Os alunos já haviam recebido na escola exemplares da revistinha da Turma da Mônica que aborda de forma lúdica a questão da segurança da aviação civil. Na EPTA, outros exemplares da cartilha foram entregues para que as crianças compartilhem o aprendizado com os colegas.

      “As atividades desenvolvidas com a comunidade do entorno são essenciais para a conscientização dos moradores, principalmente das crianças, de que todos podem ajudar na segurança de voo”, afirmou o gerente da EPTA, Ubirajara Umbuzeiro.

As crianças visitantes posam para foto na Seção Contra Incêndio do Aeroporto de Altamira.

      Ao avaliar a atividade, o superintendente do Aeroporto de Altamira, Edson Luis Silva, reforçou a importância do estreitamento da relação entre o aeroporto e a população local. “O fato de as crianças se familiarizarem com o ambiente aeroportuário e os cuidados que devemos ter para garantir as operações locais produz positivamente nelas o desejo de querer cuidar do aeroporto de alguma forma e de ajudar outras pessoas a fazerem o mesmo”, concluiu.

      A atividade seguiu com visita à SCI, onde o grupo acompanhou uma demonstração com um Carro Contra Incêndio (CCI). Os estudantes receberam ainda explicações do empregado Antonio Aparecido sobre o funcionamento da SCI, material de rampa e o trabalho dos fiscais de pátio, além de observar duas aeronaves estacionadas no pátio.

      Para a diretora da escola, Iranilda Aranha, a visita ao aeroporto é uma atividade que agrega valor ao conteúdo repassado na escola. “Além de conhecerem sobre segurança de voo, as crianças conhecem outras profissões e são estimuladas a continuar seus estudos”, afirmou.


   Assessoria de Imprensa - Infraero
   imprensa@infraero.gov.br
   www.twitter.com/InfraeroBrasil
   www.facebook.com/InfraeroBrasil
   www.instagram.com/InfraeroBrasil