As operações aéreas nos aeroportos da rede Infraero estão acontecendo normalmente, sem interrupção na prestação de serviço aeroportuário.
Orientamos aos passageiros que somente se dirijam aos aeroportos as pessoas que forem viajar.
08/11/2016 em Aeroporto de Uberlândia - Ten. Cel. Aviador César Bombonato

Infraero e UFU desenvolverão trabalhos para redução do risco da fauna em Uberlândia



      A Infraero e a Universidade Federal de Uberlândia (UFU) firmaram um acordo de cooperação técnica para desenvolver atividades de pesquisa e manejo de fauna no Aeroporto de Uberlândia. O foco dos trabalhos será no aprimoramento científico, com a capacitação de pessoal e implementação de ações para reduzir o risco de fauna no aeroporto. As ações serão desenvolvidas ao longo de 36 meses, a partir do dia 13/10, quando houve a publicação no Diário Oficial da União.

      Inicialmente, técnicos da UFU e da Infraero farão um diagnóstico da condição atual do aeroporto com foco na fauna presente na área, bem como análises da legislação pertinente e levantamento das informações e estudos já elaborados no sítio. Em seguida, serão definidos os projetos de pesquisa e seleção das equipes que desenvolverão os trabalhos de campo.

      “Uma vez no aeroporto, os técnicos da UFU e da Infraero trabalharão juntos em atividades como análises de risco da fauna no ambiente do aeroporto; recebimento de carcaças para fins de pesquisa e ensino; tratamento de animais feridos por colisões com aeronaves; treinamento sobre técnicas de captura e auxílio especializado na implementação de medidas diretas de manejo”, explica o superintendente do Aeroporto de Uberlândia, Sérgio Kennedy.

      Nesse processo haverá uma troca. De um lado, a Infraero contará com a experiência da UFU na elaboração e implementação de projetos de desenvolvimento científico e tecnológico pela Faculdade de Medicina Veterinária e o Hospital Veterinário, que contam com infraestrutura, professores e estudantes envolvidos no atendimento veterinário e pesquisa com animais silvestres. “De outro, a universidade terá o aeroporto como espaço para estudos com grande potencial de trabalho, por envolver uma mistura das condições encontradas em ambientes urbanos e naturais”, afirma a bióloga Alice Maria Vilhena.

      Os benefícios para os alunos vão além da pesquisa. Segundo o professor doutor André Quagliatto, coordenador técnico do Laboratório de Pesquisa em Animais Silvestres (LAPAS) da UFU, "o acordo entre Infraero e UFU possibilitará a participação direta dos Veterinários especialistas em animais silvestres no atendimento clínico e cirúrgico de animais envolvidos em ocorrências dentro do Aeroporto de Uberlândia, bem como no estabelecimento de medidas preventivas que serão adotadas para minimizar o risco de acidentes com animais”. A universidade sinaliza ainda que essas ações vão colaborar com a formação acadêmica dos estudantes, tanto de graduação quanto de pós-graduação.

      O acordo não prevê repasse de recursos entre os participantes e, ao final de cada ano, um relatório das ações será elaborado para avaliar as medidas e propor novas linhas de ação. Após o prazo de 36 meses, o compromisso poderá ser renovado caso haja interesse das partes.


   Assessoria de Imprensa – Infraero
   imprensa@infraero.gov.br
   www.twitter.com/InfraeroBrasil
   www.facebook.com/InfraeroBrasil

FALE CONOSCO