As operações aéreas nos aeroportos da rede Infraero estão acontecendo normalmente, sem interrupção na prestação de serviço aeroportuário.
Orientamos aos passageiros que somente se dirijam aos aeroportos as pessoas que forem viajar.
04/07/2018 em Aeroporto Internacional de Belém - Val-de-Cans - Júlio Cezar Ribeiro

Infraero revitaliza sistema de climatização do Aeroporto Val-de-Cans

Para garantir mais conforto aos passageiros e usuários do Aeroporto Internacional de Belém (PA), a Infraero está revitalizando o sistema de climatização do terminal belenense. O gesto inclui a compra de 54 novas máquinas (fancoil), que vêm sendo instaladas desde o mês passado em substituição aos equipamentos que estavam em funcionamento desde a inauguração do terminal em 2001.

O processo de revitalização do sistema de climatização de Val-de-Cans foi iniciado em meados de 2017, quando foram feitos investimentos para a contratação de uma empresa especializada em manutenção do parque de climatização, assim como a revitalização de uma das três máquinas responsáveis pelo resfriamento de água (chiller).

Com a conclusão do processo de contratação da empresa especializada em instalação e substituição de outros componentes do sistema, em maio, a Infraero iniciou no mês seguinte o processo de desinstalação e retirada das máquinas antigas, e a inserção das novas máquinas no sistema e a correspondente instalação para entrada em funcionamento.

Imagem do saguão de embarque e desembarque do Aeroporto Val-de-Cans, em Belém, no Estado do Pará.

De acordo com o planejamento da empresa, na primeira semana de agosto toda a área de embarque já estará guarnecida com os novos equipamentos, com avanços sucessivos em outras áreas sensíveis, como a praça de alimentação, a área de check-in e a área pública de embarque, em agosto e setembro, culminando com a revitalização completa de todo o sistema até novembro.

Para o superintendente do Aeroporto Internacional de Belém, Fábio Rodrigues, “trata-se da demonstração de um avanço ordenado no caminho de melhorias, iniciadas com a reforma da pista auxiliar e a revitalização de metade das pontes de embarque, o que acaba sendo sensível mais às companhias aéreas, mas fundamental para a operação. Restabelecer a climatização é mais um passo na direção da satisfação do passageiro do aeroporto”, disse.

Val-de-Cans possui uma média diária é de 100 voos entre pousos e decolagens comerciais regulares, de seis companhias aéreas (Gol, Latam, MAP, Azul, Surinam e TAP). Os voos interligam Belém a diversos destinos brasileiros – Congonhas e Guarulhos (SP); Recife (PE); Brasília (DF); Macapá (AP); Altamira, Marabá e Santarém (PA); Rio de Janeiro (RJ); Confins (MG); Manaus (AM); Fortaleza (CE); São Luís (MA); Cuiabá (MT). Já os voos internacionais ligam a capital paraense à Europa, aos Estados Unidos, ao Suriname e à Guiana Francesa.


Assessoria de Imprensa – Infraero
imprensa@infraero.gov.br
www.twitter.com/infraero
www.facebook.com/infraeroaeroportos
www.instagram.com/infraeroaeroportos
(61) 3312-3917 / 3924 / 2879 / (61) 9 9981-8411

FALE CONOSCO