26/08/2016 em Aeroporto de Goiânia - Santa Genoveva

Novo Aeroporto de Goiânia faz seu primeiro simulado de emergência

      O novo terminal de passageiros do Aeroporto de Goiânia recebeu o seu primeiro Exercício Simulado de Emergência em Aeródromo (Esea), que tem o objetivo de avaliar a eficácia dos procedimentos de comunicação, mobilização, disponibilidade e o tempo de resposta dos meios envolvidos no atendimento à emergência aeronáutica.

      Na situação em exercício, ocorrido nesta quinta-feira (25/8), a Infraero e os demais órgãos públicos e empresas integrantes do Plano de Emergência (Plem) simularam a de queda de uma aeronave com 17 pessoas a bordo, próximo à cabeceira da pista. Participam do exercício aproximadamente 130 pessoas, atuando no atendimento direto às vítimas e demais mobilizações, além de veículos como ambulâncias, carros contra incêndio, viaturas e um helicóptero. O simulado possibilita mensurar a eficiência dos recursos internos e externos disponíveis, além de avaliar eventuais ajustes na estrutura.

      O Esea também fez parte da formação dos alunos da última turma do Curso de Formação do Corpo de Voluntários (CVE), realizado de 03 a 05 de agosto. O Corpo de Voluntários é formado por funcionários da comunidade aeroportuária, treinados para dar o primeiro atendimento às vítimas e apoiar as equipes dos meios externos em uma emergência real.



      O superintendente do aeroporto, Alessandro Máximo, destacou o envolvimento de toda a comunidade aeroportuária. “O aeroporto é um equipamento urbano, que trabalha integrado com a comunidade e com os órgãos da cidade”, destacou o superintendente sobre o caráter coletivo do exercício. “É um treino para salvar vidas e está em constante avaliação para que sempre haja melhoria nos procedimentos e que todos estejam prontos para uma eventual emergência”, completou.

   Treinamentos agregados
      Neste ano, o Esea também é atividade da formação prática dos alunos do Curso de Planejamento e Avaliação de Exercícios Simulados, realizado em Goiânia entre os dias 22 e 26 de agosto. O curso faz parte do programa Treinar, da Secretaria de Aviação Civil do Ministério dos Transportes, que oferece atividades de formação e capacitação para profissionais de gestão e operação de aeroportos públicos regionais, de acordo com a política do Governo Federal de investimentos nestes aeroportos, para o desenvolvimento da aviação regional.
 
      O exercício contou com a participação de recursos internos do aeroporto como a Seção Contra Incêndio (SCI), empresas aéreas e Corpo de Voluntários de Emergência (CVE). Dentre os entes externos participantes estão Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), Corpo de Bombeiros Militar do Estado de Goiás, Defesa Civil de Goiânia, Instituto Médico Legal (IML), Hospital Santa Helena, Hospital de Urgências de Goiânia (Hugo), Polícia Militar do Estado Goiás, Guarda Civil Metropolitana, Polícia Rodoviária Federal e Brigada de Operações Especiais do Exército Brasileiro.

  

   Assessoria de Imprensa - Infraero
   imprensa@infraero.gov.br
   www.twitter.com/InfraeroBrasil
   www.facebook.com.br/InfraeroBrasil
   www.instagram.com/InfraeroBrasil