11/07/2019 em Aeroporto do Rio de Janeiro - Santos Dumont

Obras na pista principal do Santos Dumont começam dia 24/8


Com a conclusão das adequações na pista auxiliar, conforme determinação da Anac, aeroporto seguirá operando durante o fechamento da pista principal. Companhias aéreas terão prazo de 45 dias para adequar malha de voos

Entre os dias 24 de agosto e 21 de setembro deste ano, a pista principal do aeroporto Santos Dumont (RJ) será fechada para obras de manutenção. O início dos trabalhos, que estava previsto para 12 de agosto, foi alterado para que a Infraero pudesse realizar adequações na pista auxiliar. Essa foi uma exigência da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) para liberar a operação de aeronaves comerciais turbojato no terminal carioca durante o período de fechamento da pista principal.

Os ajustes na pista auxiliar já estavam previstos no escopo de trabalho da Infraero, pois possibilitariam a manutenção de operações de aeronaves tipo 3C (veja abaixo mais sobre as aeronaves que poderão operar no terminal), conforme homologação já vigente. Assim, companhias aéreas e aviação executiva poderão operar voos, respeitando restrições de peso e tamanho de aeronaves, e minimizando o impacto para os mais de 770 mil passageiros que passam por mês pelo terminal carioca.

A decisão de manter as obras entre os meses de agosto e setembro também observa questões meteorológicas. Considerando a baixa incidência de chuvas na capital carioca entre esses meses, a probabilidade de interrupções nas obras da pista também é reduzida. Desde o início do ano, todo o escopo de planejamento da obra tem sido discutido com as companhias aéreas que operam no terminal.

Para garantir o cumprimento do prazo de 29 dias para a execução dos trabalhos, serão alocadas equipes 24 horas por dia, 7 dias por semana. O fechamento da pista principal para as obras é necessário devido à complexidade da tecnologia aplicada ao pavimento: camada porosa de atrito que não permite emendas e, por isso, inviabiliza a realização dos trabalhos em períodos intercalados. A camada porosa de atrito melhora a performance do pouso e decolagem das aeronaves, bem como propicia melhor escoamento da água em dias de chuva.

Planejamento
As companhias aéreas e a Associação Brasileira das Empresas Aéreas (Abear) já foram comunicadas sobre a data de início das obras no aeroporto de Santos Dumont e terão 45 dias para planejar e readequar a malha de voos no terminal. Informações sobre cancelamento ou transferência de voos para outros terminais devem ser obtidos diretamente com cada companhia aérea.

Mais informações

Sobre as adequações e operações na pista auxiliar durante as obras
Atualmente a pista auxiliar está homologada para operar aeronaves até a categoria 3C, tais como Embraer E-190, Airbus A318 e Boeing 737-700. Além disso, a Infraero realizou adequações na pista auxiliar para tornar as operações ainda mais seguras, tais como reforma de cabeceira e implantação do sistema indicador de rampa (Precision Approach Path Indicator – PAPI). Por isso, o aeroporto Santos Dumont seguirá aberto à operação, pela pista auxiliar, durante os 29 dias em que a pista principal estiver em manutenção.

Sobre manutenção dos níveis de segurança
As obras na pista principal do aeroporto Santos Dumont garantirão a continuidade das operações nas mesmas condições de segurança atuais, e de acordo com os requisitos regulatórios demandados pela Anac.

Histórico
A última vez que a pista do aeroporto passou por manutenção semelhante foi em 2009. À época, o Santos Dumont seguiu operando normalmente, também por meio da pista auxiliar. A expectativa dessa obra é que também tenha uma durabilidade de cerca de 10 anos, até uma nova manutenção.


Assessoria de Imprensa – Infraero
imprensa@infraero.gov.br
www.facebook.com/InfraeroAeroportos
www.instagram.com/InfraeroAeroportos
www.linkedin.com/company/infraero/
www.twitter.com/Infraero