01/08/2016 em Aeroporto do Rio de Janeiro - Santos Dumont

Santos Dumont no ritmo das Olímpiadas Rio 2016

O Aeroporto Santos Dumont (RJ) já está no clima dos Jogos Olímpicos Rio 2016. Na manhã da última sexta-feira (29/7), a alegria tomou conta na área do desembarque com a chegada das jogadoras da seleção brasileira de rúgbi . Na última quarta-feira (27/7), quem passou por lá foram os atletas brasileiros da seleção masculina de handebol, que ocupa a 26º posição no ranking mundial da Federação Internacional de Handebol.

As atletas do rúgbi chegaram ao Rio após treinamentos em São José dos Campos (SP), considerada a “capital brasileira” desse esporte, tradicional no Reino Unido. Elas comemoram o retorno da modalidade ao megaevento, que durante 92 anos ficou fora das Olimpíadas. E será exatamente contra a Grã-Bretanha que as brasileiras vão estrear nas Olimpíadas, em 6/8.

Também desembarcaram pelo Santos Dumont o ginastas Arthur Zanetti, campeão olímpico e mundial das argolas, único brasileiro e o primeiro latino-americano a conquistar uma medalha olímpica de ouro em qualquer das categorias de seu esporte. Diego Hypólito é bicampeão mundial do solo e membro ativo na seleção brasileira também chegou pelo aeroporto. Ambos são esperança de medalha nesta olimpíada.

Outras duas celebridades esportivas que chegaram nesta semana ao Rio pelo Santos Dumont foram o ex-jogador e atual técnico da Seleção Brasileira de Vôlei, José Roberto Guimarães, que treinou também a seleção masculina em Barcelona 1992 e a seleção feminina em Pequim 2008 e Londres 2012.

Desde o dia 22, começaram a chegar integrantes de comissões técnicas de seleções brasileiras. Outras delegações devem desembarcar no Santos Dumont até o dia 15/8, com destaque para as seleções brasileiras feminina de polo aquático e de basquete masculino, na quarta-feira (3/8).

Paisagens cariocas

O Aeroporto do Santos Dumont será um dos principais pontos de chegada de atletas e torcedores à capital carioca para assistir ao megaevento esportivo. Um dos destaques do aeroporto é a moderna sala de embarque, a primeira no Brasil totalmente revestida de material transparente, que dá uma ampla visão para a Baía de Guanabara, onde é possível observar cartões-postais da cidade, como a Ponte Rio-Niterói, a Ilha Fiscal, local onde foi realizado o último baile do Império, o Museu de Arte Contemporânea, cujo projeto leva a assinatura de Oscar Niemeyer, a cidade de Niterói, a Escola Naval e o Pão de Açúcar.

Para se adaptar à rotina das Olímpiadas, o terminal carioca vai funcionar em horário diferenciado de 3 a 23 de agosto. A aviação comercial vai operar das 6h às 23h59, e a aviação executiva e os táxis aéreos também poderão operar durante a madrugada, das 2h até 8h. Encerrado este período, o aeroporto voltará a funcionar em seu horário normal, das 6h às 22h30.

Facilidades

Os passageiros que utilizam o terminal dispõem de internet wi-fi gratuita, 450 carrinhos de bagagem, 21 bebedouros que contam com manutenção contínua, serviço de guarda-volumes com 63 armários automáticos, casa de câmbio, farmácia, caixas eletrônicos, posto médico, 354 pontos de tomadas distribuídos pelas áreas públicas do terminal de embarque e desembarque e 1.186 pontos nas salas de embarque, incluindo o embarque remoto.

O Santos Dumont conta, ainda, com 3 geradores para o caso de interrupção no fornecimento de energia, 10 escadas rolantes, 6 esteiras de bagagens, 10 elevadores, 31 banheiros além de 1 fraldário, 2 trocadores de fraldas e o balcão de informações, com atendentes bilíngues.

Investimentos

Nos últimos cinco anos, o terminal recebeu investimentos de ordem cerca de R$ 80 milhões para aprimorar a infraestrutura e garantir maior comodidade aos viajantes.

Entre os investimentos, está a reforma dos 75,3 mil m² do pátio de aeronaves, com novo sistema de drenagem e pavimento mais resistente. A obra, entregue em fevereiro deste ano, envolveu a demolição do revestimento, base e sub-base do pavimento, a execução do novo sistema de drenagem, a recomposição do pavimento, a selagem das juntas e a pintura da nova sinalização horizontal do pátio de aeronaves, que conta com oito posições assistidas por pontes de embarque.

Os trabalhos incluíram também a construção de uma nova posição remota, totalizando agora 14 posições remotas para aeronaves. Foram investidos R$ 46,5 milhões nessas melhorias, desenvolvidas em dez etapas – de modo a reduzir o impacto nas operações do aeroporto.

Outra melhoria entregue no mês de fevereiro foi a ampliação da área comercial do aeroporto e uma nova área no terminal de embarque para lojas e restaurantes, cujos investimentos somaram R$ 11 milhões. A reforma do 2º piso da área de embarque possibilitará a ampliação da praça de alimentação do aeroporto.

Atualmente, quatro companhias aéreas operam voos no Santos Dumont – Latam, Gol, Avianca e Azul -, que ligam o terminal carioca a 19 destinos nacionais: Brasília (DF), São Paulo (SP), Guarulhos (SP), Campinas (SP), Vitória (ES), Curitiba (PR), Foz do Iguaçu (PR), Florianópolis (SC), Navegantes (SC), Porto Alegre (RS), Confins e Uberlândia (MG), Campo Grande (MS), Cuiabá (MT), Goiânia (GO), Porto Seguro (BA), Porto Velho (RO), Campos dos Goytacazes (RJ) e Parauapebas (PA).

Com capacidade para receber 9,9 milhões de usuários por ano, em 2015 passaram pelo aeroporto 9,6 milhões de passageiros, entre operações de embarque e desembarque.