As operações aéreas nos aeroportos da rede Infraero estão acontecendo normalmente, sem interrupção na prestação de serviço aeroportuário.
Orientamos aos passageiros que somente se dirijam aos aeroportos as pessoas que forem viajar.
01/08/2016 em Aeroporto do Rio de Janeiro - Santos Dumont

Santos Dumont no ritmo das Olímpiadas Rio 2016

O Aeroporto Santos Dumont (RJ) já está no clima dos Jogos Olímpicos Rio 2016. Na manhã da última sexta-feira (29/7), a alegria tomou conta na área do desembarque com a chegada das jogadoras da seleção brasileira de rúgbi . Na última quarta-feira (27/7), quem passou por lá foram os atletas brasileiros da seleção masculina de handebol, que ocupa a 26º posição no ranking mundial da Federação Internacional de Handebol.

As atletas do rúgbi chegaram ao Rio após treinamentos em São José dos Campos (SP), considerada a “capital brasileira” desse esporte, tradicional no Reino Unido. Elas comemoram o retorno da modalidade ao megaevento, que durante 92 anos ficou fora das Olimpíadas. E será exatamente contra a Grã-Bretanha que as brasileiras vão estrear nas Olimpíadas, em 6/8.

Também desembarcaram pelo Santos Dumont o ginastas Arthur Zanetti, campeão olímpico e mundial das argolas, único brasileiro e o primeiro latino-americano a conquistar uma medalha olímpica de ouro em qualquer das categorias de seu esporte. Diego Hypólito é bicampeão mundial do solo e membro ativo na seleção brasileira também chegou pelo aeroporto. Ambos são esperança de medalha nesta olimpíada.

Outras duas celebridades esportivas que chegaram nesta semana ao Rio pelo Santos Dumont foram o ex-jogador e atual técnico da Seleção Brasileira de Vôlei, José Roberto Guimarães, que treinou também a seleção masculina em Barcelona 1992 e a seleção feminina em Pequim 2008 e Londres 2012.

Desde o dia 22, começaram a chegar integrantes de comissões técnicas de seleções brasileiras. Outras delegações devem desembarcar no Santos Dumont até o dia 15/8, com destaque para as seleções brasileiras feminina de polo aquático e de basquete masculino, na quarta-feira (3/8).

Paisagens cariocas

O Aeroporto do Santos Dumont será um dos principais pontos de chegada de atletas e torcedores à capital carioca para assistir ao megaevento esportivo. Um dos destaques do aeroporto é a moderna sala de embarque, a primeira no Brasil totalmente revestida de material transparente, que dá uma ampla visão para a Baía de Guanabara, onde é possível observar cartões-postais da cidade, como a Ponte Rio-Niterói, a Ilha Fiscal, local onde foi realizado o último baile do Império, o Museu de Arte Contemporânea, cujo projeto leva a assinatura de Oscar Niemeyer, a cidade de Niterói, a Escola Naval e o Pão de Açúcar.

Para se adaptar à rotina das Olímpiadas, o terminal carioca vai funcionar em horário diferenciado de 3 a 23 de agosto. A aviação comercial vai operar das 6h às 23h59, e a aviação executiva e os táxis aéreos também poderão operar durante a madrugada, das 2h até 8h. Encerrado este período, o aeroporto voltará a funcionar em seu horário normal, das 6h às 22h30.

Facilidades

Os passageiros que utilizam o terminal dispõem de internet wi-fi gratuita, 450 carrinhos de bagagem, 21 bebedouros que contam com manutenção contínua, serviço de guarda-volumes com 63 armários automáticos, casa de câmbio, farmácia, caixas eletrônicos, posto médico, 354 pontos de tomadas distribuídos pelas áreas públicas do terminal de embarque e desembarque e 1.186 pontos nas salas de embarque, incluindo o embarque remoto.

O Santos Dumont conta, ainda, com 3 geradores para o caso de interrupção no fornecimento de energia, 10 escadas rolantes, 6 esteiras de bagagens, 10 elevadores, 31 banheiros além de 1 fraldário, 2 trocadores de fraldas e o balcão de informações, com atendentes bilíngues.

Investimentos

Nos últimos cinco anos, o terminal recebeu investimentos de ordem cerca de R$ 80 milhões para aprimorar a infraestrutura e garantir maior comodidade aos viajantes.

Entre os investimentos, está a reforma dos 75,3 mil m² do pátio de aeronaves, com novo sistema de drenagem e pavimento mais resistente. A obra, entregue em fevereiro deste ano, envolveu a demolição do revestimento, base e sub-base do pavimento, a execução do novo sistema de drenagem, a recomposição do pavimento, a selagem das juntas e a pintura da nova sinalização horizontal do pátio de aeronaves, que conta com oito posições assistidas por pontes de embarque.

Os trabalhos incluíram também a construção de uma nova posição remota, totalizando agora 14 posições remotas para aeronaves. Foram investidos R$ 46,5 milhões nessas melhorias, desenvolvidas em dez etapas – de modo a reduzir o impacto nas operações do aeroporto.

Outra melhoria entregue no mês de fevereiro foi a ampliação da área comercial do aeroporto e uma nova área no terminal de embarque para lojas e restaurantes, cujos investimentos somaram R$ 11 milhões. A reforma do 2º piso da área de embarque possibilitará a ampliação da praça de alimentação do aeroporto.

Atualmente, quatro companhias aéreas operam voos no Santos Dumont – Latam, Gol, Avianca e Azul -, que ligam o terminal carioca a 19 destinos nacionais: Brasília (DF), São Paulo (SP), Guarulhos (SP), Campinas (SP), Vitória (ES), Curitiba (PR), Foz do Iguaçu (PR), Florianópolis (SC), Navegantes (SC), Porto Alegre (RS), Confins e Uberlândia (MG), Campo Grande (MS), Cuiabá (MT), Goiânia (GO), Porto Seguro (BA), Porto Velho (RO), Campos dos Goytacazes (RJ) e Parauapebas (PA).

Com capacidade para receber 9,9 milhões de usuários por ano, em 2015 passaram pelo aeroporto 9,6 milhões de passageiros, entre operações de embarque e desembarque.

FALE CONOSCO