Meio Ambiente

NOSSA EQUIPE

SERVIÇOS DE MEIO AMBIENTE

RELAÇÃO COM A COMUNIDADE - RUÍDO AERONÁUTICO

POLÍTICA AMBIENTAL DA INFRAERO

A Política Ambiental da Infraero (aprovada em janeiro de 2018) tem por finalidade definir as diretrizes, princípios e programas que consolidem a responsabilidade socioambiental da Empresa, sendo:

Diretrizes: guia das ações da Infraero em conformidade com os seus princípios, em harmonia com o meio ambiente e a sociedade, primando pela eficiência;

Princípios ambientais: compromissos da Empresa em planejar, projetar, construir, expandir e operar os aeroportos que compõem a rede Infraero em harmonia com o meio ambiente e a sociedade;

Programa ambiental: grupo de projetos ambientais que refletem um ou mais princípios e atendem as diretrizes desta política, visando atingir um ou mais objetivos;

Projeto ambiental: esforço temporário empreendido para criar um produto, serviço ou resultado que gere benefícios socioambientais ou financeiros, com início, meio e fim definidos, e recursos materiais, humanos e financeiros alocados.

VISÃO DA SUPERINTENDÊNCIA DE MEIO AMBIENTE

Apoiar a Empresa nas ações ambientais para administrar, operar, desenvolver e explorar infraestrutura, serviços e negócios aeroportuários, contribuindo para a Integração Nacional e o desenvolvimento do país.

MISSÃO DA SUPERINTENDÊNCIA DE MEIO AMBIENTE

Aprimorar as soluções de planejamento, gestão, conformidade, controle e monitoramento ambiental.

PROGRAMAS AMBIENTAIS

Para nortear o desenvolvimento do programa ambiental da Empresa, esse foi subdividido em 10 (dez) programas temáticos. Cada programa estabelece um conjunto de orientações para o desenvolvimento dos projetos ambientais relacionados a sua temática.

FAUNA

Este programa tem por objetivo reduzir fatores atrativos da fauna por meio de ações internas e externas aos aeroportos, que mitiguem as ocorrências de colisão entre aeronaves e a fauna silvestre, sinantrópica e/ou doméstica.

RESÍDUOS SÓLIDOS

Programa desenvolvido para Gerenciar os resíduos gerados nos aeroportos, utilizando o princípio “3Rs” – Redução, Reutilização e Reciclagem.

EDUCAÇÃO AMBIENTAL

Este programa foi desenvolvido para promover a conscientização e sensibilização ambiental da comunidade aeroportuária e público externo, assim como a capacitação e o treinamento de funcionários da empresa sobre os aspectos ambientais, o papel da atividade aeroportuária no desenvolvimento sustentável e a responsabilidade de cada indivíduo quanto à gestão ambiental.

RUÍDO AERONÁUTICO

Este programa busca alternativas para monitorar o ruído, assim como desenvolver propostas para redução e controle, em parceria com instituições de pesquisa e empresas especializadas.

LICENCIAMENTO AMBIENTAL

Programa criado para regularizar os aeroportos por meio de licenciamento ambiental e atendimento à legislação, minimizando os impactos negativos decorrentes das atividades aeroportuárias.

EMISSÕES ATMOSFÉRICAS

Programa desenvolvido para mitigar a emissão de poluentes atmosféricos por meio de estudos, inventários, monitoramento e adição de tecnologias que minimizem a emissão destes poluentes.

SOLOS E FLORA

Este programa tem a finalidade de prevenir, mitigar ou reparar os danos ambientais decorrentes da implantação dos empreendimentos, por meio de ações de monitoramento, controle e/ou recuperação de áreas degradadas.

ENERGIA

Programa criado para reduzir o consumo energético por meio da eficientização das instalações e dos equipamentos, utilizando fontes alternativas, monitorando, controlando e minimizando o consumo e a demanda energética.

COMPLIANCE AMBIENTAL

Este programa tem a finalidade de colocar a Infraero em plena conformidade com as exigências legais, organizacionais e sociais em termos de matéria ambiental.

RECURSOS HÍDRICOS

Programa criado para proteger os recursos hídricos por meio do uso racional da água, da redução do consumo, da otimização dos processos, do monitoramento e do controle da quantidade e da qualidade da água.

INDICADOR DE DESEMPENHO DE MEIO AMBIENTE DA INFRAERO – IDMAI

O indicador composto por 25 itens, todos relacionados aos programas ambientais da Infraero. Tem como objetivo elevar continuamente o patamar ambiental da Empresa, no que tange o atendimento a legislação e eficientização.

O IDMAI foi concebido para ser aplicado em três fases. A primeira fase busca nivelar todos os aeroportos da rede quanto às principais questões ambientais, considerando as temáticas abordadas em cada programa ambiental da Empresa. Após o nivelamento, entra a segunda fase que visa promover os procedimentos de ecoeficiência que resultem em qualidade ambiental e retorno financeiro, com a redução e otimização de insumos. 

A última fase, por sua vez, tem como objetivo atingir os níveis de excelência ambiental em relação aos parâmetros nacionais e internacionais, considerando cada temática abordada pelos programas ambientais já mencionados. 

Com relação a primeira fase, entende-se que quando o IDMAI atingir uma faixa entre 95 e 98 %, a empresa estará preparada para a segunda fase, com a modificação qualitativa dos 25 itens que compõe atualmente o Indicador, visando metas objetivas como, por exemplo, redução percentual no consumo per capto (por passageiro) de água e energia sem prejudicar a qualidade do serviço prestado aos clientes dos aeroportos. A terceira fase vem com a certificação ambiental internacional dos aeroportos.

O IDMAI, como ferramenta de gestão, possibilita avaliar o desempenho ambiental de cada aeroporto ou da rede em relação ao seu planejamento estratégico. Com índice fornecido pelo IDMAI e possível, por exemplo, ranquear cada aeroporto identificando o descompasso entre eles, bem como fomentar a performance ambiental da rede e respectivamente reduzir distância entre o desempenho dos aeroportos.