As operações aéreas nos aeroportos da rede Infraero estão acontecendo normalmente, sem interrupção na prestação de serviço aeroportuário.
Orientamos aos passageiros que somente se dirijam aos aeroportos as pessoas que forem viajar.

Histórico

Situado na zona norte de São Paulo, próximo a importantes endereços como, por exemplo, o Terminal Rodoviário do Tietê, a estação Carandiru do Metrô, a Marginal do Tietê – que é via de acesso às principais rodovias estaduais e interestaduais –, o complexo de feiras e negócios do Anhembi e Expo Center Norte, o Aeroporto Campo de Marte opera essencialmente com aviação geral, executiva e táxi aéreo e, embora não possua linhas aéreas regulares, é um dos maiores em movimento operacional no Brasil. Ali estão localizadas ainda escolas de pilotagem, como o Aeroclube de São Paulo, e o Serviço Aerotático das Polícias Civil e Militar.

1920

  • 1929

    Fundado em 26 de julho de 1929, o Aeroporto Campo de Marte iniciou suas atividades operacionais com a implantação da primeira infraestrutura aeroportuária na cidade de São Paulo, ano em que foi construída uma pista de pouso e decolagem e um hangar no local onde a Força Pública do estado de São Paulo mantinha sua escola de aviação.

1930

  • 1931

    No dia 8 de junho de 1931 o Aeroclube de São Paulo, instalado no Campo de Marte, foi inaugurado.

1970

  • 1979

    O Aeroporto Campo de Marte foi incorporado pela Infraero em fevereiro de 1979.

    Curiosidade – O Campo de Marte é um aeroporto compartilhado. De uma área total de 2,1 milhões de metros quadrados, aproximadamente, 1.138.440 m2 estão sob a administração do Comando da Aeronáutica – por meio do Parque de Material da Aeronáutica (PAMA-SP), Prefeitura de Aeronáutica de São Paulo (PASP), Núcleo do Hospital de Força Aérea de São Paulo (NuHFASP), Centro de Logística da Aeronáutica (CELOG) e Subdiretoria de Abastecimento (SDAB) – e 975 mil m2 estão sob a administração da Infraero.

2000

  • 2006

    No ano de 2006 o aeroporto passou por uma importante reforma do pátio de manobras que organizou as posições de estacionamento de aeronaves, adequando-as às dimensões oficiais e garantindo maior segurança.

2010

  • 2013

    Em 2013 foi implantada a sinalização vertical nas áreas de movimento (pista e taxiways). Trata-se de um sistema que contempla informações aeronáuticas e compõe os auxílios visuais à navegação aérea. É composto por placas ou painéis destinados a fornecer mensagens aos aeronavegantes.


FALE CONOSCO