Histórico

Capital e maior cidade de Mato Grosso do Sul, Campo Grande é polo econômico e social do Estado. Destaca-se por sua imensa área verde, avenidas largas, rede hoteleira variada e boa infraestrutura de comércio e serviços, sendo reconhecida como uma das capitais com melhor qualidade de vida do Brasil.   

Com uma população de aproximadamente 800 mil habitantes, a cidade tem, em sua identidade cultural, a mistura das influências dos países vizinhos, Bolívia e Paraguai, e dos povos imigrantes: europeus, sírio-libaneses e japoneses da ilha de Okinawa.

Ponto de parada estratégico em relação aos países integrantes do Mercosul e a importantes centros consumidores do país, e principal porta de entrada para regiões turísticas do Estado de Mato Grosso do Sul, o Aeroporto Internacional de Campo Grande oferece suporte para a aviação comercial, aviação regular regional e aviação geral. Também é apoio fundamental para as operações militares, além de alternativa à aviação internacional.

1930

  • 1930

    Em 1932, o então Ministério da Guerra do Brasil (atual Ministério da Defesa) criou um Núcleo de Destacamento de Aviação na cidade de Campo Grande, como base de apoio às aeronaves que transitavam pela região Centro-Oeste do Brasil. Na ocasião, foi construída uma infraestrutura mínima com uma pista de pouso de 600 metros de comprimento para atender a nova base. No ano seguinte o Exército ampliou a pista para 1.400 metros.

    Com a implantação do Núcleo, em 10 de março de 1934, foi inaugurada a primeira linha do Correio Aéreo de Fronteira, atendendo a região sul do antigo estado de Mato Grosso (antes da criação do Mato Grosso do Sul), utilizando aviões Waco – CSO.

1940

  • 1940

    Em 15 de setembro de 1945 nascia a Base Aérea de Campo Grande paralela ao aeroporto sul-mato-grossense, conhecida como a Sentinela do Pantanal.

1950

  • 1950

    Cinco anos depois, em 1950, se iniciaram as operações aéreas comercias graças ao desenvolvimento da região que abriga o bioma do Pantanal.

    Administrado pelo Ministério da Aeronáutica, através do extinto Departamento de Aviação Civil (DAC), a 21 de julho de 1953, foi criado o Aeroporto Internacional de Campo Grande.

    Curiosidade

    No mesmo ano – a bordo da aeronave Lockheed Constellation da Panair do Brasil – o então Presidente Getúlio Vargas, pousava na cidade para inaugurar a pista de pouso e decolagens

1960

  • 1960

    O primeiro terminal de passageiros data de janeiro de 1964.

    Em 1967, foram construídos os pátios de estacionamento de aeronaves civil e militar em pavimentos rígidos, com o mesmo suporte da pista existente.

1970

  • 1970

    A partir de 3 de fevereiro de 1975 o aeroporto passou a ser administrado pela Infraero que logo providenciou a ampliação do pátio civil e começou a investir na infraestrutura do aeroporto.

    Após a criação do estado do Mato Grosso do Sul, em 1977, a Infraero ampliou o terminal de passageiros e a área total que passou de 1.500 para 5.000 m2.

1990

  • 1990

    Em 1998, a empresa construiu uma nova área de embarque internacional ampliando novamente o terminal de passageiros para uma área total de 6.597,51 m2.

     

2010

  • 2010

    A cidade de Campo Grande foi incluída em 2012 no Programa de Investimentos em Logística: Aeroportos, do Governo Federal, cujo objetivo foi a melhoria da qualidade dos serviços e da infraestrutura aeroportuária do país.